Centro de Avaliação Permanente do Ensino Médico (Capem)

Postado em  Noticias No Comments

Demonstrar como está sendo realizada a análise estatística dos resultados das edições 2013 e 2015 do Exame do Cremesp e apresentar propostas para a captação e criação de um banco de questões que possam ser utilizadas no Exame foram os principais assuntos da reunião do Centro de Avaliação Permanente do Ensino Médico (Capem), realizada neste 1º de julho na nova sede do Conselho.

O diretor primeiro secretário do Cremesp, e coordenador do Exame, Bráulio Luna Filho, abriu o encontro informando aos presentes a nova formação do grupo (instituída pela Resolução Cremesp nº 292, de 21/06/2016), enfatizando que a meta é fortalecer a participação e a união de conselheiros, delegados e membros convidados em trabalhos conjuntos capazes de criar e melhorar as ferramentas para avaliação dos cursos e egressos de Medicina.

Na sequência, o Prof. Dr. Joaquim Edson Vieira (membro do Capem)  e o estatístico Alex Jones Flores Cassenote apresentaram ao grupo alguns dados do estudo de coorte que está sendo realizado com examinandos do Cremesp (de 2013 e 2015), além de propostas para a criação de um banco de questões do Conselho classificadas por áreas e temas, e de um sistema de captação destas questões (crowdsourcing). Todos estes desafios fazem parte dos Projetos do Capem até 2017.

“A ideia de formar um time de avaliadores, nos moldes do National Board of Medical Examineer (NBME), para a criação de um banco de questões, deve ser implementada em longo prazo”, comentou Joaquim Vieira. Para Reinaldo Ayer, conselheiro do Cremesp e membro do Centro, a reunião destes especialistas para a formação de um banco de questões é fundamental. “Com esta iniciativa, estamos adquirindo expertise, temos a oportunidade de aplicá-la com consistência e damos início à criação de um instituto de avaliação, que pode incluir o Cremesp e parceiros”, acrescentou Ayer.

Luna Filho sugeriu convidar as escolas de Medicina do Estado para que indiquem membros de seu corpo docente que possam ser capacitados como especialistas na avaliação dos acadêmicos, criando uma “cultura de avaliação sequencial e seriada dos alunos e, consequentemente, dos cursos.”

Finalizando a reunião, o diretor primeiro-secretário da Casa lembrou que também é preciso pensar nos novos médicos que se graduarão nos próximos anos, e disponibilizar informações gerais de atualização por meio de aplicativos para mobiles, que facilitem e agilizem a prática clínica do dia a dia.

Participaram do encontro conselheiros e membros da Comissão de Pesquisa e Educação Médica (COPEM), entre eles, Akira Ishida, Clóvis Francisco Constantino e José Henrique de Andrade Vila, além dos convidados Gilmar Fernandes Prado, Adriano Meneghini e Marcel Jun Suguwara Tamaoki.

fonte: Portal Cremesp

Comments are closed.